Materiais Dentários – Parte II

Navegue por aqui://, Dentística, Odontopediatria/Materiais Dentários – Parte II

Para ir até a parte I de materiais dentários, clique aqui e para a parte III, clique aqui.

HIDRÓXIDO DE CÁLCIO (PH: 12)
INDICAÇÃOCARACTERÍSTICAS POSITIVASCARACTERÍSTICAS NEGATIVAS
• CAPEAMENTO PULPAR (DIRETO E INDIRETO): INDUZ A FORMAÇÃO DE TECIDO MINERALIZADO, PROTEÇÃO DA POLPA
• HOMEOSTALSIA DAS PULPORRAGIAS
• CIMENTAÇÃO PROVISÓRIA DE PRÓTESE FIXA
• PROPRIEDADES ANTIBACTERIANAS
• BIOCOMPATIVEL
• BLOQUEIO A ESTÍMULOS TERMO ELÉTRICOS
• BAIXA RESISTÊNCIA MECÂNICA (COMPRESÃO)
• SOLUBILIDADE AOS FLUÍDOS BUCAIS (NECESSITA DE PROTEÇÃO)
PROPRIEDADES
• MATERIAL ELEITO PARA TRATAMENTO CONSERVADORES DE VITALIDADE PULPAR
• O CONTATO COM A POLPA PRODUZ CAUTERIZAÇÃO FORMANDO UMA CAMADA DE NECRÓSE POR COAGULAÇÃO, INDUZINDO A FORMAÇÃO DE DENTINA ESCLEROSADA OU RESTAURADORA
• CAPACIDADE DE INDUZIR A POLPA A FORMAR UMA BARREIRA MINERALIZADA
APLICAÇÃO
NUNCA DEVE SER USADO COMO BASE ÚNICA
APLICAR SEMPRE ESPRESSURA FINA
SUSPENSÃO: REALIZAÇÃO DE RINSAGEM DA CAVIDADE
PÓ OU PASTA: REALIZAÇÃO DE CAPEAMENTO DIRETO
CIMENTO: REALIZAÇÃO DE CAPEAMENTO INDIRETO:
• PASTA ÚNICA FOTOATIVADA
• PASTA BASE + CATALIZADORA
CIMENTO DE ÓXIDO DE ZINCO E EUGENÓL (PH: 7)
INDICAÇÃOCARACTERÍSTICAS POSITIVASCARACTERÍSTICAS NEGATIVAS
PERIODONTIA: CIMENTO CIRÚRGICO
ENDODONTIA: CIMENTO ENDODÔNTICO
PRÓTESE FIXA: CIMENTAÇÃO PROVISÓRIA
DENTÍSTICA: CURATIVO DE DEMORA
• PROPRIEDADE ANTI-INFLAMATÓRIAS
• CICATRIZANTE
• ANALGÉSICO
• ANTIBACTERIANO
• RADIOPACIDADE
• TEMPO DE PRESA ADEQUADO
• FÁCIL MANIPULAÇÃO E CUSTO BAIXO
• BAIXA SOLUBILIDADE E BOM ESCOAMENTO
• EUGENÓL POSSUI EFEITO DÚBIO: QUANDO USADO EM EXCESSO PODE SER AGRESSIVO COM A POLPA
• EUGENÓL INTERFERE NA POLIMERIZAÇÃO DE RESINAS
• SABOR E ODOR DESAGRADÁVEL
PROPRIEDADES
• PELÍCULA ESPESSA ( > 1 mm )
• PRESA ACELERADA NA PRESENÇA DE ÚMIDADE
• MISTURAS POUCOS ESPESSAS MAIS SÓLUVEIS E POUCO RESISTENTES
TIPO I: CIMENTAÇÃO PROVISÓRIA ( ZOE PRESA RÁPIDA)
TIPO II: CIMENTAÇÃO DEFINITIVA ( SUBER EBA)
TIPO III: RESTAURAÇÕES PROVISÓRIAS DE LONGA DURAÇÃO
TIPO IV: CONVENCIONAL (FORRAMENTO ZOE)
• A MISTURA FORMA O SAL EUGENOLATO DE ZINCO
APLICAÇÃO
PODE SER PÓ, LIQUIDO OU 2 PASTAS
CIMENTO ZOE:
o PÓ OXIDO DE ZINCO E LÍQUIDO EUGENÓL
o UTILIZAÇÃO PARA CAVIDADES PROFUNDAS
o PROTEÇÃO DE SELANTE ( HIDRÓXIDO DE CÁLCIO)
o ACELERAÇÃO DE PRESA EM CONTATO COM A UMIDADE
o EXCELENTE SELAMENTO MARGINAL
CIMENTO DE ÁCIDO ORTO-ETOXIBENZÓICO (EBA) 

o PASTA BASE + CATALIZADORA (EUGENOL)
o FORRAMENTO DE CAVIDADE SOB RESTAURAÇÃO DE AMÁLGAMA
o PARA 
CIMENTAÇÃO DE PRÓTESES FIXAS. 

CIMENTO DE FOSFATO DE ZINCO (PH: 2 a 4)
INDICAÇÃOCARACTERÍSTICAS POSITIVASCARACTERÍSTICAS NEGATIVAS
• FORRAMENTO OU CIMENTAÇÃO
• BASE PARA RESINA OU AMÁLGAMA
• CIMENTAÇÃO DEFINITIVA DE PRÓTESE FIXA
• BOM ISOLANTE TÉRMICO
• BOA RESISTÊNCIA A COMPRESSÃO
• REAÇÃO EXOTÉRMICA
• NÃO SÃO ADESIVAS AO DENTE OU RESTAURAÇÃO
• GRANDE SOLUBILIDADE EM ÁGUA
• EFEITO PULPAR IRRITANTE
PROPRIEDADES
• PÓ (ÓXIDO DE ZINCO) E LIQUIDO (SOLUÇÃO AQUOSA DE ÁCIDO FOSFÓRICO)
• APÓS A MISTURA FORMA-SE O FOSFATO DE ZINCO
• IDEAL PARA DENTES COM CANAL, DEVIDO A AUSÊNCIA DA POLPA
• MISTURAS MENOS ESPESSAS MAIS IRRITANTES
APLICAÇÃO
• TEMPO DE PRESA
o FORRAMENTO: 6 MINUTOS
o CIMENTO: 8 MINUTOS
• CONSISTÊNCIAS:
o FIO QUE QUEBRA: CIMENTAÇÃO
o FIO QUE NÃO QUEBRA: BASE
o MASSA: RESTAURAÇÃO PROVISÓRIA

Para ir até a parte I de materiais dentários, clique aqui e para a parte III, clique aqui.

Deixe um comentário

error: