Alterações Bucais dentro dos Padrões de Normalidade

Navegue por aqui://Alterações Bucais dentro dos Padrões de Normalidade
Alterações Bucais dentro dos Padrões de Normalidade 2018-01-23T14:15:30+00:00

As alterações de normalidade da mucosa bucal são aquelas que não apresentam obrigatoriamente caráter de doença, tratando-se tão somente de um “desvio de normalidade”, mesmo assim, essa condição não exime o profissional de efetuar um exame clínico detalhado e completo referente à alteração diagnosticada. Representadas por Grânulos de Fordyce, Varicosidades, Tórus Mandibular e Palatino, Língua fissurada, Glossite Romboidal Mediana, Leucoedema, Língua Pilosa, Glossite Migratória Benigna, entre outras, as alterações de normalidade são relativamente comuns, apresentando componentes genéticos e tendo sua frequência aumentada conforme a idade.

Língua Geográfica (eritema migratório)

  • Etiologia: Desconhecida
  • Características Clínicas
    • Assintomática, pode apresentar dor ou ardor
    • Erosões circulares (diminuição das papilas filiformes)
    • Períodos de remissão espontânea e reaparecimento em área próxima
  • Tratamento
    • Não requer tratamento
    • Nos casos de dor pode-se utilizar corticoide tópico (orabase)
  • Exemplo de Descrição da lesão
    • Lesão com erosão, não removível a raspagem localizada no lado esquerdo na região anterior do dorso da língua, de cor avermelhada, superfície irregular, tamanho aproximadamente de 3 por 6 mm de área, formato irregular, séssil, de bordas irregulares e bem definidas.

Língua Geográfica

Língua Sulcada

  • Etiologia: Desconhecida, fatores genéticos e ambientais e idade podem contribuir no desenvolvimento.
  • Características Clínicas
    • Assintomática, pode causar dor ou ardor
    • Presença de sulcos no interior da língua
  • Tratamento
    • Não requer tratamento
    • Nos casos de dor pode-se utilizar corticoide tópico (orabase)

Língua Sulcada

Língua Pilosa

  • Etiologia: Tabagismo, Etilismo, antibióticos
  • Características Clínicas
    • Hipertrofia ou alongamento das papilas filiformes.
    • Assintomática
    • Pode ser pigmentada
  • Tratamento
    • Não requer tratamento

Língua Pilosa

Glossite Rombóide Mediana 

  • Etiologia: relacionada a anomalia congênita, infecção crônica causada pela cândida albicans.
  • Características Clínicas
    • zona avermelhada, despapilada, de forma rombóide ou oval, localizada na linha média do dorso lingual, imediatamente à frente das papilas valadas.
    • Manifestação da candidíase eritematosa
  • Tratamento
    • Utilização de antifúngico

Glossite Rombóide Mediana

Grânulos de Fordyce

  • Etiologia: Inclusão de material glandular sebáceo
  • Características Clínicas
    • Pápulas de coloração amarelada e de pequeno diâmetro (1 mm aproximadamente).
    • Distribuidos principalmente na mucosa jugal, e mucosa labial inferior
    • Encontrados em pequena ou grande quantidade
    • Exemplo de descrição da lesão: Pápula única de coloração amarelada, localizada no lábio inferior esquerdo, superfície lisa, arredondada, tamanho de aproximadamente de 1 mm de diâmetro
  • Tratamento
    • Não requer tratamento

Grânulos de Fordyce. Fonte: NEVILLE, 2016

Pigmentação Melânica Fisiológica (racial) ou Melanoplaquia

  • Características Clínicas
    • Hiperpigmentação fisiológica de melanina na mucosa bucal
    • Simetria uniforme, bilateral, não altera a arquitetura normal gengival
    • Comum na gravidez
  • Tratamento
    • Não requer tratamento
    • Pode ser realizada remoção cirúrgica estética

Varicosidade Lingual

  • Características Clínicas
    • Comum em idosos
    • Assintomático, ingurgitamento do ventre lingual
  • Tratamento
    • Não requer tratamento

Anquiloglossia

  • Características Clínicas
    • Baixa inserção do freio lingual
    • Limitação da movimentação da língua
  • Tratamento
    • Cirúrgico

Anquiloglossia. Fonte: NEVILLE, 2016.

Tóros Palatino e Mandibular

  • Características Clínicas
    • Massa óssea revestida por mucosa normal
    • Na maxila é evidenciada na linha mediana do palato, sendo que nessa região recebe o nome de toros palatinos. Esse tipo de toro é mais frequente no sexo feminino.
    • A segunda localização mais comum é na mandíbula, onde situa-se na face lingual da região de pré-molares e molares, sendo denominado nessa localização de toros mandibulares, afetando ambos os sexos igualmente.
  • Tratamento
    • Não necessita de tratamento
    • Pode ser retirado por questões proteticas ou trauma frequente à mucosa suprajacente.

Tórus Mandibular. Fonte: NEVILLE, 2016.

Tórus Palatino. Fonte: NEVILLE, 2016.

Referências

TOMMASI, Maria Helena M.; Diagnostico em Patologia Bucal, 4º ed. , 2014

NEVILLE, B.W.; DAMM, D.D.; ALLEN, C.M.; BOUQUOT, J.E. Patologia Oral e Maxilofacial. Trad.4a Ed., Rio de Janeiro: Elsevier, 2016.

error: