Retalho repousado apicalmente

Navegue por aqui:///Retalho repousado apicalmente
Retalho repousado apicalmente 2018-03-24T21:25:46+00:00

Após excisar a gengiva em excesso posterior a cirurgia óssea (se realizada), o complexo mucogengival é mantido e reposicionado apicalmente. Esse tipo de retalho é para eliminação de bolsa.

De acordo com Friedman (1960), a técnica deve ser realizada da seguinte forma:

1- Após uma incisão vertical relaxante que se estende até a mucosa alveolar, é feita uma incisão em bisel invertido através da gengiva e periósteo para separar do retalho o tecido inflamado próximo ao dente (fonte: Lindhe, 2010).

2- Um retalho mucoperiósteo de espessura total é afastado, e o colar tecidual em torno dos dentes, incluindo o epitélio da bolsa e o tecido conjuntivo inflamado, é removido com uma cureta (fonte: Lindhe, 2010).

3- A cirurgia óssea, quando necessária, é realizada para recuperação do contorno fisiológico do osso alveolar (eliminação de defeitos ósseos). (fonte: Lindhe, 2010).

4- Os retalhos são posicionados em direção apical ao nível da crista óssea alveolar recontornada, sendo mantidos por suturas (fonte: Lindhe, 2010).

Vantagens:

  • Mínima profundidade de bolsa pós-operatória
  • Mínima perda óssea pós cirúrgica
  • A posição pós operatória da margem gengival pode ser controlada e todo o complexo mucogengival é preservado.

Desvantagens:

  • Problemas estéticos e sensibilidade radicular, devido a perda de tecidos periodontais pela ressecção óssea e exposição das superfícies radiculares.

Referências

LINDHE, J. Tratado de periodontologia clínica e implatologia oral, 5 o ed., Ed. Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 2010.

error: